HISTÓRIA
 
 
  
   
 
MISSÃO, VISÃO
E VALORES
 
 
  
   
 
DIRETORIA
 
 
  
   
 
CERTIFICAÇÕES
E ACREDITAÇÕES
 
 
  
   
 
ESTRUTURA HSVP
 
 
  
   
 
CORPO CLÍNICO
 
 
  
   
 
PASTORAL DA SAÚDE
 
 
  
   
 
FIQUE POR DENTRO
 
 
  
   
 
HSVP NA MÍDIA
 
 
  
   
 
AÇÃO SOCIAL
 
 
  
   
 
CONVÊNIOS
 
 
  
   
 
PORTAL DO PACIENTE
 
 
  


Notícias

Check-up anual: prevenção e diagnóstico precoce de doenças

Prevenir ainda é a melhor forma de evitar a maioria dos problemas de saúde. E a realização de um check-up anual é uma maneira eficaz de descobrir doenças nos primeiros estágios, aumentando significativamente as chances de cura ou mesmo otimizando o tratamento. O check-up anual ajuda a diagnosticar, principalmente, patologias como hipertensão, diabetes e muitos tipos de câncer.

A recomendação é que o check-up anual seja feito a partir dos 35 anos. Nos casos de pessoas que façam parte de grupos de risco, os exames podem ser antecipados, sempre de acordo com a indicação médica. São considerados fatores de risco sedentarismo, obesidade, tabagismo, sintomas frequentes como fadiga, palpitação, dores no corpo, perda ou ganho de peso repentino e ser portador ou ter histórico de doenças crônicas na família.



Quem pretende fazer um check-up deve começar agendando uma consulta com um clínico geral. Este profissional fará uma anamnese geral do paciente e pode indicar quais são os exames a serem feitos para checar como está sua saúde. Os mais comuns são fezes e urina, hemograma, colesterol, teste ergométrico, aferição de pressão, triglicerídeos, glicemia, hepatograma e eletrocardiograma. Mulheres e homens também devem realizar exames específicos dependendo da idade: para elas, são indicados mamografia, Papanicolau e colposcopia a partir dos 40 anos; já para eles, dosagem de PSA e toque retal devem estar na lista do check-up anual a partir dos 50 anos.

“Apesar da importância do check-up anual, levar uma vida saudável ainda é a melhor forma de evitar doenças. Aliando isso aos exames preventivos de rotina, conseguimos potencializar as chances de o paciente não desenvolver doenças e aumentar a cura e o controle de problemas de saúde”, ressalta a clínica geral do HSVP, Maria Capistrano.


«voltar