HISTÓRIA
 
 
  
   
 
MISSÃO, VISÃO
E VALORES
 
 
  
   
 
DIRETORIA
 
 
  
   
 
CERTIFICAÇÕES
E ACREDITAÇÕES
 
 
  
   
 
ESTRUTURA HSVP
 
 
  
   
 
CORPO CLÍNICO
 
 
  
   
 
PASTORAL DA SAÚDE
 
 
  
   
 
FIQUE POR DENTRO
 
 
  
   
 
HSVP NA MÍDIA
 
 
  
   
 
AÇÃO SOCIAL
 
 
  
   
 
CONVÊNIOS
 
 
  
   
 
PORTAL DO PACIENTE
 
 
  


Notícias


Atividade física: antes de começar a praticar é importante realizar o teste ergométrico

Saber como anda a saúde é essencial antes de começar a praticar qualquer tipo de atividade física, independentemente da idade. O teste ergométrico, que avalia o funcionamento cardiovascular, é um dos recursos que podem ajudar a detectar doenças e possíveis contraindicações relacionadas à prática de determinadas atividades físicas. No exame, o paciente é submetido a um esforço físico crescente em uma esteira rolante, onde são avaliados os comportamentos da frequência cardíaca, do eletrocardiograma e da pressão arterial antes, durante e após o esforço.

Entre os principais objetivos do teste ergométrico estão a prescrição de atividades físicas, diagnóstico e avaliação da doença arterial coronária, avaliação da capacidade funcional cardiorrespiratória, detecção de arritmias, de anormalidades da pressão arterial, de isquemia miocárdica e de sopros no coração, entre outros problemas.

“Mesmo com todo o avanço da Medicina, inclusive na área de Cardiologia, o teste ergométrico continua sendo um recurso diagnóstico importante por conta das suas inúmeras indicações. Para fazê-lo, é importante que o paciente procure uma unidade de saúde que conte com equipes capacitadas e recursos para intervenções de urgência, caso haja alguma complicação durante o procedimento”, explica o cardiologista do setor de Ergometria do HSVP, Mario Sergio Pereira.


Brasileiros estão se exercitando mais

A conscientização sobre a necessidade de buscar a prevenção e o acompanhamento necessários antes de começar a praticar atividades físicas vai ao encontro de dados divulgados recentemente pelo Ministério da Saúde. A última Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) mostrou que em 2018 38,1% da população praticava pelo menos 150 minutos por semana de alguma atividade física no tempo livre. Há 10 anos, esse percentual era menor: 30,3% dos brasileiros se exercitavam com frequência. Confira a pesquisa completa aqui.

Antes de fazer o teste ergométrico, fique atento: o exame é contraindicado em casos de gestação, limitação física ou emocional, hipertensão arterial grave, embolia pulmonar, arritmias não controladas e outras enfermidades. Converse com seu médico antes de se submeter à avaliação.



« voltar